Os craques também jogam #16 André Horta

Os craques também jogam #16 André Horta

Para a 16ª edição trazemos um conhecido craque do panorama nacional: André Horta do SC Braga! Descobrimos que o bichinho em Football Manager o acompanha há alguns anos e quisemos saber mais sobre isso e também sobre a aventura que teve na MLS, ao serviço dos Los Angeles FC.

Com passagens por Benfica, Vit. Setúbal, Los Angeles FC (MLS) e atualmente ao serviço do SC Braga, confidenciou-nos entre vários outros assuntos qual o momento que mais lhe marcou na sua passagem pelos E.U.A.

Acompanha-nos nesta conversa e sabe mais sobre este craque!

FMPortugal.net: Como surgiu esta tua paixão pelo CM/FM? Qual a tua grande recordação dos tempos em que começaste ‘a viciar’?

André Horta: Surgiu ‘por culpa’ da paixão que tinha pelo futebol. Eu e o meu irmão (Ricardo Horta) começamos a jogar por influência de um tio nosso que era ‘viciado’ e uma vez que nós estávamos muitas vezes com ele, acabámos por começar a jogar também. A minha grande recordação passa pelas tardes inteiras que passávamos os 3 a jogar (cada um no seu computador), mas sempre a partilhar experiências que já tínhamos vivido no jogo e jogadores que estavam a despontar em cada campeonato.

FMPortugal.net: Já ganhaste tudo o que havia para ganhar por alguma equipa? Qual o teu maior feito e com que clube o conseguiste?

André Horta: Fiz uma carreira em específico que me deu um gozo enorme em a fazer: não sei precisar se foi no FM 2009 ou 2010, comecei no Palermo e em 22 Épocas….Ganhei 18 Campeonatos , 4 Ligas dos Campeões e inúmeras Taças Internas. Foi LINDO! (risos)

FMPortugal.net: Relativamente à forma como estás retratado no FM, o que alterarias para melhor e… pior? Nós poderemos pensar no assunto… (risos)

André Horta: Na verdade, até estou muito bem representado! Até demasiado. (risos) Faço muitos golos no FM e gostava que isso fosse tão fácil na realidade como é no jogo! (risos)

Perfil de André Horta no FM 2020

FMPortugal.net: Tens por hábito seguir o percurso do teu ‘boneco’? Ou procuras sempre desviá-lo para as equipas onde estás a treinar? (risos)

André Horta: Sinceramente, não. A única vez que ‘me treinei’ foi quando jogava no Benfica pois como o meu primeiro save é sempre com o Benfica, acabei por me treinar a mim. Mas não pensem que era parcial! Na primeira época metia-me sempre no banco! (risos) Ainda tinha que evoluir para poder ‘calçar’ na equipa titular, já na segunda época jogava quase sempre até porque já estava num nível acima. (risos)

FMPortugal.net: Já jogaste FM com colegas de profissão? Podes desvendar alguns nomes?

André Horta: Já joguei por diversas vezes! Em 2017 (na primeira passagem pelo Braga), Eu, Ricardo Horta, Fábio Martins, Wilson Eduardo e Ricardo Esgaio começamos um campeonato online… entretanto o Wilson Eduardo foi despedido à 6ª ou 7ª jornada e acabou por morrer ali um bocado o espírito! (risos) Por causa dele ter sido despedido tão cedo não chegamos a continuar o save online.

FMPortugal.net: Agora sobre a tua carreira: Estiveste nos E.U.A ao serviço dos Los Angeles FC. O que te fez voltar?

André Horta: Tomei essa opção porque não estava a jogar tanto quanto eu queria e sentia que da parte do Braga havia uma grande vontade no meu regresso, pelo que quando houve oportunidade aproveitei ‘de olhos fechados’ para voltar a uma casa que tanto me é querida.

FMPortugal.net: Partilhaste o campo com estrelas que grande parte de nós só as vê pela TV. Qual o melhor momento que guardas desta tua passagem pela MLS?

André Horta: O melhor momento que guardo dessa minha aventura foi ter jogado contra o Nicolás Gaitán, no final ter trocado a camisola com ele e ainda ter partilhado alguns minutos de conversa com alguém que tinha dado tanto ao Futebol Português.

Dois craques juntos: André Horta e Nicolás Gaitán

FMPortugal.net: Já alguma vez usaste o FM para te informares sobre as características de algum jogador que estivesse a ser falado para ingressar em alguma equipa?

André Horta: Diversas vezes! Até surgem várias situações em que os conheço primeiro no FM (e vejo que são bons) e mais tarde acabo a ler e ouvir notícias sobre eles na realidade. O último que me aconteceu essa situação foi o Havertz do Leverkusen em que o contratava várias vezes no FM 2019 porque estava uma máquina, mas não o conhecia na ‘vida real’ .. passado 2/3 meses começo a ouvir falar dele na realidade para clubes como o Bayern Munique, Barcelona, etc…

FMPortugal.net: Alguma história engraçada que tenhas para nos contar ‘por culpa’ do FM?

André Horta: Volta à memória o campeonato com o Palermo porque consegui meter craques mundiais como Messi e Ibrahimovic em final de carreira a jogar na minha equipa já com 35/36 anos! Consegui contratá-los, o que era impossível em condições normais, mas naquela altura como eu era a melhor equipa da Europa, não foi difícil conseguir esta proeza. (risos)

FMPortugal.net: Apesar de ainda teres uma carreira enorme pela frente, o facto de jogares FM fez-te crescer vontade de seres treinador quando chegar à altura de a dar por terminada? Ou ainda nem sequer pensaste sobre esse assunto?

André Horta: Na verdade, ainda não pensei sobre o assunto. Apesar de adorar jogar FM, sei que na realidade existem dificuldades que não são fáceis de transportar para o jogo, pelo que não é assim tão fácil como parece ser líder de um balneário. Pensarei nisso mais no final da minha carreira. Até lá, quero disfrutar deste magnífico desporto que é o futebol!

 

Questões Rápidas:

Primeira edição que jogaste?

FM 2006

Edição favorita?

Não consigo escolher uma: adorei todas!

Liga favorita para jogar?

Liga Inglesa

Jogador favorito que já tiveste em qualquer edição?

Carlos Fierro

Melhor clube que viste o teu boneco se transferir (sem qualquer influência tua)?

Não sei (mesmo!) porque não costumo acompanhar o ‘meu’ percurso… (risos)

 

Tivemos um gosto enorme em ter um jogador como André Horta no nosso cantinho. Obrigado pela tua simpatia e disponibilidade em falar mais sobre este paixão que une tantos adeptos de futebol! Com presença assídua nos jogos do SC Braga, ficaremos ansiosos por ver até onde irás ‘voar’. Aqui continuaremos a seguir de perto a tua carreira.

Fiquem com alguns dos seus melhores momentos ao serviço do Sporting Clube de Braga:

Espreita mais entrevistas da rubrica “Os Craques Também Jogam”:

O que tens a dizer sobre isto?