FM Portugal

Tudo para o teu jogo

Publicado em: 3 Setembro por: FMPortugal

Os craques também jogam #17 Zé Manuel

Para esta nova edição trazemos Zé Manuel, jogador do Santa Clara e com uma sólida experiência em Portugal, já que passou pelas principais experiências competitivas do nosso País: 2ª Divisão B, Campeonato de Portugal, Segunda Liga, Primeira Liga. Confessou-nos que é um ‘super-fã’ de Football Manager, nunca falhando a compra de cada nova edição ano-após-ano.

Tendo terminado a formação no Braga, passou a nível sénior por Braga B, Merelinense, Vizela, Cinfães tendo sido por fim no Boavista que se estreou na época 2014/2015 na Primeira Liga Portuguesa! A partir daqui, esteve sempre num nível alto: foi contratado pelo F.C. Porto, tendo sido emprestado a Vitória de Setúbal, Wisla Kraków e Feirense. Na época 2018/2019 assinou pelo Santa Clara, e desde aí que tem tido uma presença assídua nos jogos dos Açorianos.

Acompanha-nos nesta conversa e sabe mais sobre este craque!

FMPortugal.net: Como surgiu esta tua paixão pelo CM/FM? Qual a tua grande recordação dos tempos em que começaste ‘a viciar’?

Zé Manuel: Já lá vão uns aninhos! (risos) Comecei a jogar o mítico CM 01/02 do craques Tó Madeira e Tsigalko. Como era miúdo, tive 1/2 anos sem jogar até que voltei no CM 4 e a partir daí nunca mais deixei o ‘vício’. Foram bons tempos! Jogávamos no PC da minha irmã e como na altura (em 2001) eu não tinha PC, era ela que definia o horário em que eu jogava à semana. Lembro-me que ela saía sempre ao sábado de manhã e como eu não tinha aulas, eu e o meu irmão acordávamos muito cedo para jogar a manhã toda! (risos) …Até que um dia estava a treinar o Atlético de Madrid e sofri um golo em cima do minuto 90 numa final da Champions League: mandei um soco na torre do PC, parti uns plásticos da Drive de CD’s e o resultado foi…ter ficado proibido de jogar algum tempo! (risos)

FMPortugal.net: Qual foi a tua reação quando te viste integrado na base de dados oficial do jogo? Passaste a levar-te para cada equipa que passavas a treinar ou deixavas o teu boneco ‘voar’?

Zé Manuel: Nos primeiros anos em que apareci costumava fazê-lo. Ultimamente levo tudo muito mais a sério, e se for para um colosso Europeu já não me levo. Mas caso treine equipas da Primeira Liga Portuguesa tento sempre contratar-me! (risos) Independentemente disso, acompanho sempre a minha época no jogo e quase todos os jogos vou ver  se o meu boneco jogou, marcou ou se entretanto saiu do clube. No FM 2018 lembro-me que na segunda época ia muitas vezes para clubes Turcos! (risos)

FMPortugal.net:Relativamente à forma como estás retratado no FM, o que alterarias para melhor e… pior? Tens algum save em que te tenhas levado e tenhas feito o teu boneco ‘te acompanhar’?

Zé Manuel: Honestamente, não ligo muito a isso. De forma geral, gosto da forma como estou retratado no jogo. Quanto a saves, tenho um em específico em que comecei desempregado e em Dezembro fui contratado pelo Boavista (que estava na linha de água), contratei o meu boneco e consegui ficar na parte superior da tabela! Na segunda época fiquei ainda melhor posicionado mas não consegui ficar nos lugares de Liga Europa. Resolvi por isso demitir-me e pegar noutro desafio: nessa época o Vitória SC desceu à Segunda Liga, candidatei-me e fui contratado por eles. Quando lá cheguei, quase todos os jogadores queriam sair do Vitória (devido à descida): vendi muitos e construí uma equipa ‘à minha imagem’, em que claro está, o meu boneco foi um deles! Essa época correu-me muito bem pois, além do meu boneco ter marcado vários golos, consegui a promoção sem derrotas na 2ª Liga.

Perfil de Zé Manuel no FM 2020

FMPortugal.net: Que tipo de treinador és: começas cada novo save num colosso e procuras dominar ‘o mundo’, ou preferes uma equipa de uma divisão inferior e lutar ano-após-ano pelo sucesso?

Zé Manuel: Gosto de treinar equipas com potencial e objetivos altos, mas que não são os mais fortes candidatos. Por esta razão costumo começar com equipas como Sporting, Marselha, Sevilha ou Arsenal. Já quanto a colossos Europeus, só costumo treinar quando estou a jogar online com amigos.

FMPortugal.net: A nível tático: adaptas às características dos jogadores que tens à tua disposição, ou tentas implementar um modelo que já tens definido independentemente dos jogadores que tens?

Zé Manuel: No início do jogo analiso os jogadores e tento vencer com uma tática em função dos melhores jogadores e só no decorrer desse save e com as contratações que vou fazendo é que costumo mudar o sistema. No entanto, nunca faço o mesmo save por mais de 6/7 anos, pois quando começam a aparecer muitos jogadores criados pelo jogo (regens) tira-me a vontade de o continuar: prefiro começar um novo save para conhecer cada vez mais jogadores e campeonatos.

FMPortugal.net: Alguma história engraçada que tenhas para nos contar ‘por culpa’ do FM?

Zé Manuel: No FM 2019, quando subi à Primeira Liga com a Académica de Coimbra, fiz algumas contratações e fui buscar ao Brasil dois jogadores: Lucas Marques e Carlos Jr. Eu não os conhecia! Foram-me sugeridos pelos meus olheiros e acabei por contratá-los na altura… e agora vem a grande coincidência: na vida real, no ano passado o Santa Clara (clube que atualmente represento) contratou o Lucas Marques e este ano o Carlos Jr.! Quando Lucas chegou, até lhe comentei na brincadeira que já conhecia bem do que ele era capaz, pois já o ‘tinha treinado’ num save de FM. (risos)

FMPortugal.net: Agora sobre a tua carreira: Estiveste na Polónia ao serviço do Wisla Kraków. Quais as principais disparidades competitivas que sentiste comparativamente para Portugal?

Zé Manuel: Fiquei muito surpreendido com a Polónia! A qualidade de jogo em si não é tão boa como a nossa, sendo um futebol mais físico. Já a nível de ambiente de estádio e a qualidade deles (a nível de infraestruturas) é muito melhor! Também a nível de centros de treinos, tanto o do Wisla Kraków como até de determinadas equipas de divisões inferiores que defrontávamos em amigáveis, também são muito desenvolvidos. O mais complicado na adaptação foi treinar e jogar com neve: uma vez que não estamos habituados a isso em Portugal, foi uma das grandes diferenças que senti.

FMPortugal.net: Passaste pelas principais experiências competitivas em Portugal: 2ª Divisão B, Campeonato de Portugal, Segunda Liga, Primeira Liga. Quais as grandes diferenças que sentiste entre elas?

Zé Manuel: Em primeiro lugar devo dizer que em todas elas existe qualidade, muitos dos clubes trabalham bem e prova disso é vermos que cada vez mais acontece de na Taça de Portugal existirem equipas da Primeira Liga caírem com equipas do CP e Segunda Liga. A grande diferença que existe a nível competitivo é na intensidade, concentração e na qualidade técnica.

FMPortugal.net: Por fim, o facto de jogares FM, fez-te crescer vontade de seres treinador quando decidires dar por terminada a tua carreira? Ou ainda não pensaste sobre esse assunto?

Zé Manuel: Ainda não pensei muito sobre isso até porque o que mais me desperta atenção no FM é a base de dados e não tanto a parte tática. (risos) Mas já começo (aos poucos) a olhar mais para a componente tática para orientar os treinos em função do adversário e confesso que estou a gostar dessa área, por isso, quem sabe se daqui a uns anos não me desperta algum bichinho adormecido que esteja dentro de mim e me dedique à vertente de treinador! (risos)

 

Questões Rápidas:

Primeira edição que jogaste?

CM 01/02

Edição favorita?

FM 2019

Equipa favorita para jogar?

S.C Braga, por ser a cidade onde nasci.

Jogador favorito que já tiveste em qualquer edição?

Lautaro Martinez

Equipa adversária que sempre te deu dores de cabeça?

F.C Porto

Melhor clube que viste o teu boneco se transferir (sem qualquer influência tua)?

PAOK

 

Um dos pontos que nos dá mais motivação para melhorar de ano-para-ano a base de dados de Portugal são estas conversas que temos com os craques Portugueses ‘na vida real’, e notou-se a quilómetros de distância que o Zé Manuel é um fã acérrimo de FM! Muito obrigado pela tua disponibilidade e vontade em conceder esta entrevista e falar de algo que une muitos adeptos do futebol. Desejos de uma ótima época 2019/2020!

Fiquem com alguns dos seus melhores momentos ao longo das três brilhantes épocas que fez ao serviço do Boavista entre 2013/2014 e 2015/2016:

https://www.youtube.com/watch?v=VdYC6HALsT8

Espreita mais entrevistas da rubrica “Os Craques Também Jogam”:

Comentários