Treinadores de Sofá #8 João Prates – Vaulen IL

Treinadores de Sofá #8 João Prates – Vaulen IL

Por toda a qualidade e capacidade que é reconhecida ‘no treinador Português’, temos compatriotas espalhados por todo o mundo: desde ‘nuestros hermanos’ Espanha até a umas ilhas em que também existe futebol: Maldivas (afinal não é só praias….).

Decidimos seguir viagem até à Noruega, para conhecer mais deste Treinador de Sofá (e não só!) que acabou de fazer uma época acima das expectativas na Equipa Júnior do Vaulen IL: João Prates.

Saiu de Portugal em direcção à Arábia Saudita, onde esteve três épocas e desempenhou um excelente trabalho ao nível da formação e equipa B, decidiu trocar o calor abrasador da Arábia pela gélida Noruega para abraçar uma nova aventura na Equipa Júnior do Vaulen IL. Acompanha-nos na viagem!

FMPortugal.net: De que forma conheceste o CM/FM e como acabaste em mais um ‘viciado’ pelo jogo?

João Prates: Foi através de amigos!…e confesso que acabei por aderir porque não tinha jeito para jogar Playstation (risos). O outro fator que também me cativou foi o lado estratégico do jogo: para quem é treinador, é algo que fascina e que torna tudo mais interessante.

FMPortugal.net: Que tipo de treinador virtual és: começas cada novo save num ‘grande’ ou ‘colosso’ e procuras dominar o panorama nacional e internacional, ou preferes uma equipa de uma divisão inferior e lutar ano-após-ano pelo sucesso a nível mundial?

João Prates: Depende do estado de espírito, mas tenho sempre três opções: treinar o Benfica é obrigatório (risos); pegar na equipa que estou a treinar; Por fim, começo no Farense que é o meu segundo clube juntamente com o Campomaiorense que já não tem futebol sénior. Gosto de me sentir identificado com as equipas.

FMPortugal.net: Qual foi a tua reação quando te apercebeste que tinhas sido oficialmente incluído no jogo? A partir daí, quando inicias um novo save, levas sempre o teu ‘boneco’ para o clube para onde vais?

João Prates: Honestamente não ligo muito a mim mesmo ‘in-game‘ (risos). Acho piada e é também resultado daquilo que vais atingindo na tua carreira de profissional, pelo que no jogo deixo-o ir evoluindo por si próprio.

Vaulen IL
Vaulen IL no Football Manager

FMPortugal.net: Já ganhaste tudo o que havia para ganhar por alguma equipa? Qual o teu maior feito e com que clube o conseguiste?

João Prates: Tive uma época estrondosa que culminou..ser campeão europeu com o Benfica! (risos)

FMPortugal.net: Já jogaste CM/FM com colegas de profissão e/ou jogadores com quem trabalhaste? J.P: Curiosamente, não! Apenas comentámos e trocamos informações sobre jovens jogadores e pergunto sempre quantas vezes perderam jogos e reiniciaram… (risos)

João Prates: Curiosamente, não! Apenas comentámos e trocamos informações sobre jovens jogadores e pergunto sempre quantas vezes perderam jogos e reiniciaram… (risos)

FMPortugal.net: Por fim, e deixando um pouco de lado a ‘realidade virtual’, estás desde a época 2015/2016 fora-de-portas: passaste três épocas pela Arábia Saudita (Hajer Club e Al-Batin) e estás atualmente ao serviço do Vaulen IL da Noruega. Quais foram as principais disparidades que sentiste em cada um dos Países comparativamente para Portugal?

João Prates: Imensas! Arábia Saudita é o calor extremo, a cultura, a religião, coisas tão simples mas que se as vivermos na realidade muda tudo: é a necessidade de nos adaptar a um País completamente diferente mas que ao mesmo tempo é um desafio que nos ajuda a crescer pela complexidade de uma vivência completamente diferente de Portugal.

Noruega é um País ‘normal’ onde não me preocupo se posso ir de calções a algum sítio, ou se o restaurante é familiar ou só para mulheres (risos).

É um frio terrível – o oposto de Arábia (risos) – e as pessoas também são mais frias, pelo que por mais estranho que possa parecer, é bem mais fácil fazer amizades na Arábia!

Em termos de futebol, mais qualidade técnica e tática na Arábia, fruto dos muitos treinadores estrangeiros que lá existem. Já na Noruega mais qualidade a nível físico, apesar de tecnicamente terem também jogadores com qualidade apreciável. Já a nível tático necessitam de grandes mudanças, sobretudo no futebol de formação, onde o trabalho ali efetuado continua muito aquém daquilo que é a exigência de um futebol mais profissional.

 

João Prates - Vaulen IL
João Prates numa gélida sessão de treino no Vaulen IL

 

Questões Rápidas:

 Primeira edição que jogaste?

R: 2009

Edição favorita?

R: Sempre a mais recente (risos)

 Liga favorita para jogar?

R: Portuguesa

  Equipa favorita para jogar?

R: Benfica

 Marcação ‘H-H’ ou ‘À Zona’?

R: Zona

 

Muito obrigado pela disponibilidade e abertura que desde o início tiveste em conceder-nos esta entrevista. É de um prazer enorme falarmos com mais um treinador Português tão bem sucedido fora-de-portas. Agora que a época está quase terminada na Noruega, esperemos que a tua nova aventura na equipa sénior do Vaulen IL seja tão bem sucedida como têm sido as tuas últimas épocas. Aqui continuaremos a seguir a tua carreira, votos de imenso sucesso!

O que tens a dizer sobre isto?