FMPortugal.net

Tudo sobre o Football Manager em Português!

Liga Inglesa sem estrangeiros! Simulação no FM2018

Uma das grandes preocupações do futebol moderno é a falta de protecção aos jovens talentos locais, em detrimento de estrangeiros, muitas vezes com qualidade questionável.
Tendo em consideração essa preocupação crescente no Reino Unido, o site Planetfootball decidiu simular no FM2018, a principal liga Inglesa com uma regra de proteccionismo aos locais.
A regra é simples. Não se poderiam utilizar jogadores sem nacionalidade Britânica. O resultado? Tabela final imprevisível, maior número de transferências entre escalões e resultados chocantes.

Configuração

Tal como mencionamos, nenhuma equipa poderia utilizar jogadores estrangeiros nas suas fichas de jogo, apesar destes continuarem a figurar nos seus plantéis.
O mercado de transferências sentiria grandemente a consequência da introdução da regra, verificando-se de imediato uma corrida aos melhores jogadores cumpridores dos requisitos, mas não só, a inteligência artificial do jogo tentaria dar volta ao problema, através de pedidos de nacionalidade, por parte de jogadores estabelecidos em terras de sua majestade, há muitos anos.

Como exemplo, Daniel Sturridge mudar-se-ia para o Man City por £57M que também contrataria Ben Davies do Tottenham ou o Juan Mata(com passaporte britânico) que se transferiria para o Arsenal.
Os Spurs para colmatar a saída do seu lateral esquerdo, contratariam nada mais que James Milner, para actuar nessa mesma ala. O Aston Villa usaria grande parte do seu orçamento na contratação de Mason Holgate (£40M) do Everton  que utilizaria essa verba na contratação de James Ward-Prowse do Southampton.
Manchester United. Leicester e Huddersfield abstiveram-se de atacar o mercado.

Simulação da Liga Inglesa sem estrangeiros
Simulação da Liga Inglesa sem estrangeiros

Fim da 1ª volta e mercado de Inverno

O Manchester United e o Tottenham lideravam confortavelmente uma tabela submergida no caos.
Bournemouth em terceiro, enquanto o Arsenal, City e Chelsea lutavam ferozmente….pelo 11º lugar da tabela.
Sim, a turma de Abramovich que tinha despedido Sarri, guerreava por um lugar a meio da tabela, com outros dois candidatos ao título, no entanto o Belga naturalizado Inglês, Hazard liderava a tabela de ratings da liga, com uma média de 8,13.
O Huddersfield era quem mais sentia a nova regra, conseguindo apenas 2 pontos em 14 jogos.

Guardiola, que acabaria trocado por Simeone logo após o fecho do mercado de Inverno, investiria £57M em Zaha, Ramsey seguiria para os Toffees por £50M e o Southampton pagaria £48,5M por Matt Philips do West Brom.
Unay Emery também seria despedido e substituído no Emirates por Ancelotti, após ter caído para o 16º lugar da tabela.
Mourinho, apesar da liderança é quem mais abriria os cordões à bolsa, contratando James Tarkowski, Kieran Tierney e Scott Arfield por £93M.

 

Simulação da Liga Inglesa sem estrangeiros
Simulação Liga Inglesa sem estrangeiros: Transferências

Final de época

O Special One, ao contrário do que vem acontecendo na realidade, ganha facilmente o troféu máximo Inglês, com 90 pontos.
Tottenham e a sua fornada de Ingleses, inicialmente um dos grandes candidatos ao título, termina em segundo com apenas um ponto de vantagem sobre o Burnley, já o Leicester perde o último lugar de acesso à liga dos campeões, devido à diferença de um golo, a favor do Liverpool.
No último lugar, o Huddersfield conseguiu a sua única vitória da época na última jornada.

Apesar do proteccionismo que se pretendeu implementar com a regra, continuaram a ser os estrangeiros a dominar a liga, visto que acabaram na liderança da tabela de marcadores Aguero, Lukaku e Giroud, enquanto Hazard foi eleito o melhor jogador da prova. Leva-nos a pensar que a regra introduzida não seja suficiente, e seja sim necessário retirar todos os estrangeiros dos planteis.

 

Coordenador da base de dados da pesquisa Portuguesa do Football Manager, à qual junta a função Scout profissional e editor em foradejogo.net. Sócio do Cova da Piedade e simpatizante e detentor de cartão anual do Belenenses SAD.