FMPortugal.net

Tudo sobre o Football Manager em Português!

Tonton Zola Moukoko

Tonton Zola Moukoko é outro dos jogadores de culto da saga CM/FM, que ficará para sempre na história do jogo.
Hoje em dia é lembrado pelo que poderia ser e não pelo que foi no mundo do futebol.

Tonton Zola Moukoko no CM
Tonton Zola Moukoko no CM com 15 anos

Juventude

Nascido em Kinshasa, no antigo Zaire, agora Congo, procurou refúgio na Suécia, juntamente com o seu irmão mais velho, Fedo, após o falecimento dos seus pais.
Apesar das dificuldades de adaptação ao frio do país escandinavo, Tonton destacou-se nas camadas jovens do Djurgårdens, ao ponto de ser considerado uma das melhores jovens promessas mundiais, atraindo olheiros de alguns gigantes europeus, como o Milan.

Os pais de um amigo meu tinha ido de férias para a Grécia e encontraram um artigo a falar de mim, como um dos jovens a ter em conta para o futuro, penso que estava em 20º lugar.

Aos 15 anos, recebe finalmente a nacionalidade Sueca, é imediatamente integrado nas selecções jovens e apesar dos testes pelo Empoli e Bolonha, opta por se mudar para Inglaterra, o destino do pequeno e ágil médio atacante, seria o Derby County.

O Derby foi a melhor opção para mim e para a minha família, devido à maior facilidade de adaptação cultural e ao idioma Inglês.

 

Inglaterra e a fama desconhecida

Após ter chegado a “terras de sua majestade” foi inicialmente integrado na equipa de juniores em constante rotação no plantel de reservas, onde rubricava excelentes exibições, mas o aglomerar de seguidores e outros curiosos apenas para verem a jogar, causou-lhe estupefacção.

“Era tudo muito estranho, jogava-mos contra equipas de menor dimensão, e pediam-me autógrafos.
Não percebia o que se estava a passar, até que um dos meus amigos perguntou-me se eu não sabia que era estrela de um jogo de computador?

Tonton Zola Moukoko Derby County
Tonton Zola Moukoko no Derby County

Nova tragédia e o princípio do fim

Pouco depois, a tragédia voltou de novo à vida do jovem Tonton.
O seu irmão e mentor Fedo faleceu, ficou deprimido e deixou os estudos e futebol para um plano inferior, o que lhe causou problemas com a direcção do clube das Midlands Orientais e consequente término do seu contrato em 2002, sem sequer ter chegado a jogar pela equipa principal.
Seguiu-se um afastamento de 2 anos do futebol.

O meu irmão continuava a fazer viagens ao Congo devido a trabalho, um dia foi envenenado e acabou por falecer.
Passei por muitas dificuldades. Não queria mais saber de futebol, precisei de um longo período para lidar com a perda. Não ajudou ter as portas semi-fechadas na Suécia, devido ao Djurgårdens não ter sido ressarcido financeiramente quando eu saí. Deixei de ser convocado para as seleções jovens e não me senti bem-vindo ao país.

O regresso à casa adoptiva

Após regresso à Suécia, Sven-Goran Eriksson, seleccionador Inglês na altura, tentou ajuda-lo a regressar à competição num clube menor, mas Tonton tinha em mente clubes de maior dimensão, no entanto as respostas era sempre as mesmas, não.
Seguiram-se 6 anos em clubes de expressão inferior no seu país (Carlstad, Sleipner e Syrianska) e uma breve aventura na Finlândia, no Atlantis, mas a sua carreira nunca viria a ter aquele empurrão que necessitava para alcançar o esperado estrelato.
Decidiu então que era altura de apostar em algo diferente. Juntamente com amigos seus, fundou o Kongo United na Suécia, em homenagem ao seu país de nascimento, onde continuou a jogar e assumiu também as funções de treinador até aos dias de hoje.

Tonton Zola Moukoko com as suas cores actuais do Kongo United
Tonton Zola Moukoko com as suas cores actuais

Ao olhar para trás na sua carreira, admite que se arrepende de algumas decisões, mas compreende que agora não há volta a dar.
No entanto, considera-se feliz a nível familiar, com a sua esposa que conheceu aos 12 anos na escola e o seu filho Zion, o qual quer que se torne político e não futebolista.
Mas quanto ao Football Manager e seus fãs deixou algumas curiosidades:

A primeira vez que tive contacto com o jogo, foi quando fui convidado aos estúdios da produtora do jogo.
Até aos dias de hoje, não paro de receber telefonemas de todo o mundo a pedirem-me uma camisola e a desejarem-me bons aniversários.

Tonton Zola Moukoko
Tonton Zola Moukouko com a sua esposa e filho

 

O que tens a dizer sobre isto?